Dicas para álbuns Infantis

14/03/2012  ·  designer, dicas, álbum, álbuns, amostra de álbum, caixa, design, diagramação, fotográfico, infantil, via book, via color

Além de fazer álbuns para casamentos, também adoro fazer álbuns infantis. Sessões, new born, acompanhamentos ou até festas de 1 à 10 anos. Eu adoro álbum de crianças. Acho que é até mais pela decoração, as cores sempre me influenciam na hora de fazer um álbum infantil e eu sempre busco a cor preferencial da decoração. Esse pode ser o “start” para o seu álbum, analisar as cores da decoração, sobre que assunto o aniversário foi, tipo de fonte… Nossa, é bastante coisa e vamos abordar cada passo para fazer o seu álbum de infantil bonito e agradável para os olhos.

Cor:
Como disse no parágrafo acima, a cor é muito importante na hora de fazer um álbum infantil. Não usamos as mesmas cores de quando fazemos um álbum de casamento, por ser mais clássico, o álbum de casamento tem que ter cores neutras. Os álbuns infantis não. Use e abuse das cores, mas CUIDADO! Utilize tons pastéis (tons com pouca saturação e claros), pois são os mais que agridem os olhos na hora de folhear o álbum, tons bastante saturados na sua cor 100% agridem os olhos e na impressão confundem com as fotos, você não sabe o que chama mais atenção a foto colorida do aniversário ou a cor que você usou, por isso use sempre tons mais claros.
Nos álbuns que eu faço utilizo sempre uma cor padrão pro álbum e fundo branco, mais abaixo um exemplo de álbum que recentemente fiz.

Fotos:
Na hora do tratamento faça com que as fotos fiquem mais coloridas o possível, pois isso ressaltará a alegria da festa. Se você utiliza o lightroom, dê uns dois pontinhos de vibração em cada foto.
Não utilize fotos tortas, pois passa a impressão de um álbum bagunçado, onde as fotos estão perdidas no álbum, procure sempre fazer com que as fotos estejam alinhadas.

Efeitos:
Só porque estamos tratando de um álbum infantil não significa que ele tenha que ser um pinheirinho de natal de tão enfeitado que ele fica. Faça um álbum clean focando na criança e na decoração, tenho certeza que a mãe vai adorar. Nas fotos se limite a usar uma borda de uma cor só, como disse antes na questão da cor, escolhe uma cor que seja padrão para o álbum. Eu prefiro sem borda nas fotos, mas se você quiser colocar, não tem problemas.
Os famosos patterns também são boas na hora de diagramar o álbum, mas como todos os itens que eu citei anteriormente, escolha apenas uma. Você pode baixar patterns, particularmente gosto de usar patterns poás ou listradas, pois são as que menos interferem nas fotos.

Fontes:
Como as cores as fontes utilizadas devem ser sutis. Utilizar cinco fontes diferentes no álbum ou fontes ilegíveis está fora de questão. Fontes scripts é uma boa pedida para fazer o nome do aniversariante, se você quer escrever o ano ou a data do aniversário ou qualquer outra informação que não seja o nome, utilize fontes mais simples como as san serif que são fontes retas e sem as “perninhas” em baixo (vou fazer um post mais tarde sobre esse assunto). E cores neuras para essas outras informações. Assim como as fotos, a escrita não deve chamar tanto a atenção nos efeitos, no máximo dê um traçado se ficar muito confuso com a foto.

Abaixo segue algumas lâminas do último aniversário infantil que eu fiz. Foi o aniversário da Eliza, onde o pai André me contatou e eu fiz as fotos e a impressão do álbum na Via color em laminação UV e de presente para eles, dei uma caixa personalizada. Espero que tenham gostado do álbum e é claro, que o post tenha ajudado a montar seu álbum infantil mais adequado para os olhos. As fotos foram feitas pelo Luiz Fernando da Zutto digital, o site deles pode ser conferido aqui: www.zutto.com.br