Por que eu amo álbuns verticais - 3 motivos para amá-lo

16/12/2015  ·  álbuns

Queria fazer muito esse post! Mas algo lá no íntimo do meu ser dizia que não seria legal, poderia ser um assunto polêmico ou talvez não. Mas no fim, resolvi arriscar.

Estamos chegando ao final de 2015 e 2016 já está batendo na porta para a alegria de muitos (e desespero de muitos também). Finalzinho de mês, resolvi fazer um dos últimos posts sobre uma das minhas paixões: álbuns verticais.

Amado por poucos e odiado por muitos, declaro aqui a minha paixão por álbuns verticais.

Aí você deve estar pensando, por que ela gosta tanto de álbuns verticais? Essa coisa horrorosa de diagramar, que fica muito espaço em branco, que não valoriza as fotos e…

Pois é meu caro leitor! Eu amo.

Um dos motivos principais é pelo fato de tudo ser vertical.

Livros, jornais, textos impressos em folhas A4, cadernos e até mesmo quando você abre o word ou o pages ele é vertical! O segundo argumento é mais técnico. Você que já diagrama um álbum horizontal e queria colocar uma foto em lâmina inteira (duas páginas) sempre teve dificuldade e sempre cortou algum detalhe, certo? Sempre teve que deixar um espaço do lado em branco, assim a foto não é cortada. No álbum vertical não, se você colocar uma foto em lâmina inteira ela não corta nada, talvez apenas um pouquinho nas laterais, mas a essência da foto e toda a emoção dela não se perde com o corte.

O terceiro motivo e que eu mais gosto nos álbuns verticais é o “espaço em branco”. Álbuns verticais são mais fáceis de ter o famoso e odiado espaço em branco na lâmina. Quem acompanha meu trabalho sabe que eu uso muitos dos espaços negativos e no minimalismo, em álbuns verticais consigo explorar muito mais esses dois conceitos.

Meus tamanhos preferidos são os álbuns quadrados (30x30, 20x20, 25x25, 40x40) e os verticais (20x30, 30x40, 25x38, 20x35, entre outros tamanhos). Venha para o lado vertical da força! Tenho certeza que não vai se arrepender :)